Motiva - A Escola das Grandes Conquistas
Notícias

Estudantes paraibanos comemoram primeiros lugares em cursos disputados de universidades públicas

A estudante Kamilla Bringel, 18 anos, hoje, olha para o passado com o sentimento de orgulho e traça planos para o futuro na certeza de que as escolhas que fez, ao longo da vida escolar, a conduziram para um caminho de grandes conquistas. Aprovada em 1º lugar para o curso de Medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o mais disputado da instituição, no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) de 2019, ela comemora a realização do sonho da aprovação em uma universidade pública.

Da mesma forma que ela, outros 20 alunos da escola onde Kamilla estudou, o Colégio Motiva, que possui cinco unidades, nas cidades de João Pessoa e Campina Grande, conquistaram a primeira colocação em diversos cursos de ampla concorrência da UFPB, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), além da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O resultado expressivo, fez, por mais um ano, a escola ocupar lugar de destaque, com relação ao desempenho dos alunos no Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem.

Seguindo com os resultados de 2019, a escola também foi a responsável pelo maior índice de aprovação do estado em um dos vestibulares mais concorridos do país, o da Fundação Universitária para o Vestibular (FUVEST). A instituição autônoma, é a responsável pela realização dos exames de acesso às vagas da Universidade de São Paulo, a USP, que em 2019 contou com a concorrência de quase 130 mil candidatos de todo o Brasil. Foram cinco aprovados nos cursos de Medicina, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Engenharia da Computação e Ciências da Computação.

“A aprovação dos estudantes, em diversos cursos de instituições públicas de ensino, valida um trabalho de preparação que é desenvolvido há anos pela escola, dando aos alunos a liberdade e o conforto para escolherem a profissão que desejarem”, destacou o diretor-geral do Colégio Motiva, Carlos Barbosa.

Base, disciplina e autoconhecimento: aprovadas destacam fórmula do sucesso

Aluna do Colégio Motiva desde a alfabetização, Kamilla Bringel escreveu uma parte importante da história dos resultados do Enem em 2019, na Paraíba. Com uma média geral de 848,9 pontos (soma das notas das provas mais a nota de Redação), a jovem elevou o patamar das médias do curso de Medicina da UFPB. O resultado de Bingel não só elevou a régua de um curso específico, mas marcou a história do Enem quando conseguiu que sua nota entrasse para o ranking como a maior média da história do exame no estado, em 20 anos de realização do sistema que dá acesso às principais universidades públicas do Brasil.

Exemplo para quem deseja alcançar a tão sonhada vaga na universidade, Bringel ressalta três pontos do seu caminho: base, disciplina e autoconhecimento. “O ano do vestibular é, sobretudo, uma fase de construir segurança. Acredito que todos têm uma base e devem se apropriar dela, buscando o seu maior desenvolvimento possível. Eu já possuía uma base escolar significativa e busquei aprofundá-la cada vez mais para ganhar segurança sobre o que havia aprendido. Busquei conhecer meu rendimento e meu cansaço mental. Considero um aspecto muito pessoal e variável, dependente de autoconhecimento e de tentativas de adaptação”, destacou Kamilla.

A jornada intensa de estudos e o caminho pelo autoconhecimento também fizeram parte da vida de Rebeca Belarmino, 17 anos, que foi aprovada em 1º lugar para o curso de Engenharia Civil da UFCG, um dos mais concorridos da instituição, com uma média geral de 787,26 pontos. Aluna do Colégio Motiva desde o 5º ano do Ensino Fundamental, ela destacou que foi desenvolvendo, ao longo dos anos, uma postura de disciplina e foco, intensificada no Ensino Médio, sobretudo no 3º ano.

“Durante o 3º ano todo estudante tende a passar por determinadas circunstâncias: indecisão quanto a escolha do curso, início das despedidas dos amigos, cronograma de conteúdos a ser cumprido, pressões externas e conflitos internos. Por isso, considero ter sido essencial nesse ano poder contar com a aptidão da escola.Ter um sistema de suporte no qual eu pudesse me apoiar, confiando na experiência dos professores. O resultado foi sim uma ótima notícia, mas não o considero apenas como mérito pessoal e, sim, coletivo”, destacou Rebeca.

Dicas para o vestibulando

  • Treine assuntos ainda não bem fixados. Pratique muitas questões;
  • Familiarize-se com a abordagem da prova;
  • Habitue-se ao tempo exigido;
  • Perceba as áreas mais relevantes, como Redação e Matemática, mas sem negligenciar as outras disciplinas;
  • Faça atividades físicas;
  • Alimente-se bem;
  • Reserve tempo para amigos e familiares;
  • Cuide do seu equilíbrio emocional e em momentos de estresse e insegurança, que são normais, procure apoio;

Alunos aprovados em 1º lugar para diversos cursos, na Paraíba:

ESTUDANTE                                                 CURSO                      INSTITUIÇÃO
Áchilla Cruz Meira História UEPB
Amanda Maria de Salles Santos e Silva Educação Física UFPB
Ana Paula da Silva Andrade Psicopedagogia UFPB
Carlos Octavio Andrade Ribeiro Neto Física UFPB
Cecília Alexandrina de Farias Pontes Enfermagem UFPB
Claudia Baz Álvarez Engenharia Elétrica UFPB
Daniel Almeida Araújo Engenharia Mecânica UFCG
Gabriel Almeida Bonfim Design Gráfico IFPB
Gabriel Braz dos Santos Odontologia UFPB
Hugo Barros de Andrade Geografia UFPB
Ícaro Romero de Melo Morais Biotecnologia UFPB
João Paulo de Barros Oliveira Engenharia Ambiental UFRGS
Kamilla Azevedo Bringel Medicina UFPB
Lara Di Cavalcanti Pontes Engenharia da Computação UFPB
Larissa Gomes Marinho Ciências da Computação UFPB
Maria Eduarda Xavier Florentino Jornalismo UEPB
Raphael de Paula Fonseca Ciências da Computação UFCG
Rebeca Monteiro Belarmino Engenharia Civil UFCG
Romberg de Sá Gondim Relações Internacionais UFPB
Vinícius Ryan de Sousa Montenegro Letras UFCG
Willy Vallent Gomes de Melo Psicologia UFCG