Motiva - A Escola das Grandes Conquistas
Notícias

Colégio Motiva é campeão do Enem, na Paraíba, pelo 15º ano consecutivo

O Colégio Motiva conquistou, pelo 15º ano consecutivo, o primeiro lugar no ranking das escolas que obtiveram as melhores pontuações no Enem, na Paraíba, de acordo com os microdados da prova, divulgados no último dia 26 pelo Ministério da Educação (MEC) e tabulados pela startup Evolucional. O levantamento analisa os dados dos alunos que cursaram a 3ª série do Ensino Médio, em 2019, e projeta as unidades do Colégio Motiva, de João Pessoa e de Campina Grande, entre as 15 instituições de ensino do Brasil com melhor desempenho no exame, considerando aquelas com mais de 150 alunos participantes. 

 

Com base neste recorte, o Motiva de João Pessoa é o 11º lugar do Brasil, contando as médias das provas objetivas (652,76 pontos), e o 12º lugar, levando em consideração a média das notas objetivas com a redação (694,66). O Motiva de Campina Grande é o 14º lugar do Brasil, levando em conta as médias das provas objetivas (645,43), e o 15º lugar, considerando a média das notas objetivas e da redação (692,29). 

 

De acordo com a direção do Colégio Motiva, essa conquista é fruto da continuidade de um trabalho sério e comprometido com a Educação, ao longo de 20 anos de existência da escola. “Não temos dúvidas de que chegarmos a esse resultado é uma construção. Tudo isso faz parte de uma concepção educacional, que inicia na Educação Infantil e vai até o Ensino Médio, ressignificando-se diante dos desafios”, disse o diretor-geral do Colégio Motiva, professor Carlos Barbosa. 

 

“A nossa ênfase é no protagonismo das nossas crianças e adolescentes, para despertar, neles, o pensamento crítico e a busca pelas soluções, para as mais diversas situações que o mundo lhes apresenta. Um resultado dessa magnitude é um reconhecimento ao esforço de todos. O sentimento que fica é de gratidão a toda equipe de profissionais, a todas as famílias e, principalmente, ao nossos alunos, sentido maior de existência da Escola”, concluiu Carlos Barbosa.